11ª LEI UNIVERSAL: A ABUNDÂNCIA DIVINA


Amados Filhos,


O plano de Deus é uníssono em toda a Sua Criação.

Tudo vibra numa escala compondo uma sintonia vibracional que se eleva e alcança novos patamares dentro dos parâmetros de ordem e respeito.


A energia vibracional depende da ação que ela representa, sendo a responsável pela qualidade do intercâmbio dos seres.

Quanto maior a Luz em consciência vibracional, maior será a luz no núcleo das células de todo ser vivo.

Analisai comigo esse fato.


A grade de luz cristalina atuando hoje sobre o planeta Terra consagra os filhos nesse novo Universo, do qual ela faz parte.

Nela estão inseridos os códigos genéticos que integram a estrutura física dos homens e agregam as Leis Universais que abarcam o Todo Universal.


Cada vibração emanada de luz e amor acessa os códigos da rede cristalina e a força gerada pelo somatório dessas energias é implantada segundo os mesmos parâmetros e leis.

Os sentimentos deverão ser naturais, como o ar que se respira.

As novas energias estão todas contidas em vossas células, pois sois filhos e filhas de Deus e possuis os códigos genéticos implantados de acordo com as leis que são parte da pura essência divina, afinal a vida está contida nessas Leis da Criação.

O ser humano reage contrapondo-se a essas verdades por desconhecê-las; entretanto a Nova Terra encontra-se num panorama novo.

O que ficou para trás deve ser esquecido.

Hábitos podem ser mudados, alterados.


A busca desenfreada pelo dinheiro, por exemplo, causou derramamento de sangue, improbidade e destruição. Permiti-me dizer que os verdadeiros valores humanos se perderam por haverem sido mal utilizados.

Refleti que o uso do dinheiro na troca monetária tornou-se inviável pelo desrespeito, pela inverdade e pelo uso contrário às Leis Universais.


Eis a décima primeira Lei Universal:

A abundância vem de Deus; é divina e pertence a todos.


Vede como o vosso planeta é belo e rico, com fartura de água, ar, terra.

Observai a natureza e como são abundantes as várias espécies da Criação de Deus.

Vede os frutos.

Observai a riqueza de matizes e as várias espécies de flores.

Vede a fauna e também as belezas do solo com os minerais e pedras preciosas.

Tende em mente que Deus criou o melhor para Seus filhos viverem.


Cabe agora uma avaliação do homem.

Vede os dons que os filhos possuem e recebem gratuitamente de Deus:

Visão, audição, fala, tato, paladar, locomoção, procriação, etc.


Observai, na criação humana, o que ela representa para a elevação da alma de todos os filhos:

A música, a pintura, as artes cênicas, a dança, a escultura, etc.


Observai que o ser humano possui em seu interior ou no sentimento enraizado dentro de si, o sentir, a elevação da alma por meio das artes e da contemplação dessa grandiosa e opulente natureza.


Quantos mistérios existem nesse grandioso terreno universal!


Meus filhos se perderam por tão pouco!

Os valores foram trocados pelo desrespeito humano vivenciado na troca de favores, por meio da moeda chamada dinheiro.

Filhos do meu coração, retornai aos vossos lares.

O caminho é suave e a brisa é leve.

Deixai-me conduzir-vos à Casa do Pai.

Aqui estou, filho amado!

A sintonia entre nós precisa ser novamente estabelecida.


Imaginai-vos com quatro anos de idade.

Vinde a mim agora. Senti o abraço que vos dou ao curvar-me diante de vós.

Estou aqui para trocarmos informações.

Falai dos vossos problemas. Posso ouvir-vos, mas lembrai que possuís o coração daquela criança.

Continuai. Contai vossa história de vida.

(Pausa)


Amado filho, é preciso uma renovação imediata dos valores no planeta em que viveis.

A troca monetária será ainda, por algum tempo, um recurso necessário, até que cada um perceba o seu dom ou vocação e, assim, expresse a verdade da alma contida em seu âmago.

Desse modo, haverá uma mudança imediata dos valores morais, das leis e do sistema financeiro da Terra.


O respeito deverá ser mútuo entre pai e filho, marido e mulher, irmãos, patrão e empregado, pois todos são iguais perante a Lei da Criação.

Sempre existirá aquele que é mais sábio que o outro pela própria lei da vida.

A hierarquia existe, mas o pobre não é pior nem melhor do que aquele que possui mais bens.

O doutor, em filiação divina, é igual ao seu paciente.

Todos precisam se respeitar como filhos da Criação.


A troca monetária irá continuar, com prioridade na busca interna pelos valores verdadeiros e essenciais da vida humana.

Portanto, o recurso chamado dinheiro terá seu valor no limite da matéria.

Não pode sobrepor-se ao que é essencial.

A vida é que é essencial.

Não sejais servos do dinheiro.

Fazei a vida de acordo com os vossos sonhos cocriando na luz e no amor.

Vosso condutor, Sananda (Jesus Cristo).


Mensagem extraída do livro,Redutos da Nova Terra,

da série Manancial de Luz.

Canalizações de Mara Furtado.


0 visualização

EDITORA MANANCIAL DE LUZ LTDA

CNPJ: 12.482.438/0001-32

AV VARSOVIA,248

Postagem de 3 - 5 dias úteis

Manancial de Luz

instagram-logo-new-png-4.png
facebook-logo-1.png